A BUZICOESFERA!

NOTÍCIAS, ARTIGOS E ENTREVISTAS.

«Eu vou sempre escolher a representação»

RICARDO VIEIRA. Tem-se dividido entre o jornalismo e o teatro, mas se tivesse de escolher apenas uma área, assume que a representação era a única opção. Sonhador e otimista, espera por um papel de maior destaque em televisão enquanto anseia por começar um percurso no cinema. Neste momento o que é estás a fazer? Neste momento posso designar-me como um jornalista-ator e não um ator-jornalista, como eu se calhar, quereria. Como ator fiz muito recentemente uma participação na série O Sábio, da RTP, e estou à espera que surjam mais episódios e mais cenas para a minha personagem. Que personagem era essa? Era um advogado que tinha alguma relevância na história porque estava a defender uma das perso

«A arte faz parte de mim»

ANGELA LUYET. Nos olhos verdes guarda a serenidade, no sorriso a simpatia e na voz a certeza de que é no palco ou com uma câmara à frente que se sente realizada. As paixões resume-as entre a dança e a representação. A brasileira que há nove anos escolheu Portugal para morar, já passou pela Suíça, por França e pelos Estados Unidos. Apesar disso, é no nosso país que se imagina a morar nos próximos anos e por isso prepara-se para começar a ter aulas de "português de Portugal". Começava por te perguntar o que estás a fazer neste momento. Neste momento estou a dar aulas na In Impetus - Escola de Atores. Eu sou especializada no método de improvisação da Viola Spolin. Dou aulas nos cursos de especi

'Nos Musicais' com Madalena Alberto

Atriz portuguesa que tem brilhado em Londres prepara atuação única no nosso país. Já foi Eva Peron, em Evita, Édith Piaf, em Piaf, e Fantine, n'Os Miseráveis. Do West End, em Londres, para o CCB, em Lisboa, Madalena Alberto prepara-se para um concerto único e obrigatório para todos os apaixonados pelo teatro musical. O espetáculo promete uma abordagem singular a alguns dos temas mais icónicos do género. Madalena Alberto é frequentemente apontada como uma das grandes estrelas dos palcos londrinos, onde há mais de 15 anos de tem afirmado como atriz, cantora e dançarina. É sobretudo em terras de sua majestade que a agenciada da Buzico! tem feito o seu percurso, que intercala com idas a vários p

Agenciados da Buzico! fazem parte de musical infantil inclusivo

João Ascenso encena e Filipa Duarte integra o elenco Fada Juju e a Festa dos Sentidos. Espetáculo estreia este sábado. (Fotografia de Plano 6) Abre-se o pano e com ele um conjunto de cores, sons e histórias ganham vida. Se até aqui a magia do teatro ficava, muitas vezes, vedada a crianças com algum tipo de deficiência, neste espetáculo isso não vai acontecer. Meninas e meninos surdos, cegos ou portadores de doenças raras serão transportados para um mundo mágico feito de sonhos e em que todos podem ser iguais. Este é o mais recente desafio do ator João Ascenso, agenciado da Buzico!, que assina a encenação do espetáculo e que ainda ajudou a adaptar para a linguagem teatral. Deste ambicioso pro

«Sinto-me um privilegiado»

ZÉ PEDRO RAMOS. É designer de formação, trabalha como animador e formador, mas é como ator que se define. Tem 37 anos e assume que gosta de acordar cedo. Com um percurso feito, sobretudo, em teatro, já integrou projetos em cinema, televisão e publicidade. O suficiente para dizer que sente que tem muita sorte. Apresentas-te como ator, animador e formador. O que é que estás a fazer, hoje em dia? Estou a fazer um pouco das três. Como ator, faço teatro em vários locais... Um deles é o Teatro Bocage. Outro é o Mosteiro dos Jerónimos onde tenho uma peça com a Foco Lunar. Depois acabei de sair do Teatro Independente de Oeiras com uma peça que esteve esgotada durante toda a temporada. Além disso, no

«Sei que o meu futuro vai passar pelo Teatro»

PAULO MIGUEL FERREIRA. De manhã, tinha estado no palco com A Pequena Sereia e à noite era lá que regressava para Amália - o musical. É no Teatro Politeama e sob a batuta de Filipe La Feria que tem trilhado o seu caminho. Mas não só. Paulo Miguel Ferreira que chegou à entrevista de sorriso nos lábios, confessa que se imagina a ser ator a vida inteira, mas que quer explorar mais a escrita. Não fosse ele o autor de Alice - o outro lado da história que inicia agora uma segunda temporada. Como tem sido voltar ao Teatro Politeama para integrar o elenco do musical que lembra Amália Rodrigues? Tem sido muito engraçado, para já porque o Amália foi o primeiro espetáculo que eu me lembro de ver, em miú

As "Variações de 80" estão de volta!

Tome nota: dia 28 de Abril, às 23h, no Village Underground Lisboa. Muita música e muita diversão prometem fazer as delícias dos amantes dos anos 80. Tal como nas edições anteriores, esta será de arromba! Fotografia da 1ª festa VARIAÇÕES DE 80 A festa que, através da música, nos transporta para os anos 80 está de volta! Bryan Adams, George Michael, Prince ou Madonna não vão faltar. Mas não é tudo... As Doce, os Xutos & Pontapés e, claro, António Variações também farão as honras da casa. A nova sala do Village Underground Lisboa será o palco onde as purpurinas, o cabedal e os penteados extravagantes vão coexistir na perfeita seleção do DJ set de Lara Soft & Marta Hari. Em pleno 2017, prometem

Em Destaque
Posts Recentes
Procurar por tags
Arquivo