31.08.2019

11.01.2019

Please reload

Posts Recentes

Os rostos habitados - Pedro Sadio fotógrafa para a Buzico! Actores

18.10.2019

1/3
Please reload

Posts Em Destaque

O Regresso Feliz

O regresso de Ana Saragoça aos ecrãs do prime-time televisivo, dando corpo e alma à personagem 'Piedade Bastos' da telenovela Valor da Vida transmitida pela TVI e com Produção da Plural Entertainment, confirma uma rota de aproximação da actriz ao público generalista, muito por "culpa" do êxito granjeado pela sua extraordinária composição da popular 'Laurinda' da telenovela Ouro Verde, aliás, da mesma produtora e para o mesmo canal.  

Não sendo uma novidade, o talento de que é possuidora é todavia sempre uma novidade experimentada não fosse esse o mistério da criação artística e do trabalho de actor e simetricamente o acto também sempre novo o do seu reconhecimento por parte do público. Talvez por isso, interpretar seja precisamente o lugar contrário ao da repetição porque é da ordem do artifício esse permanente construir do novo. Fazendo jus à tangibilidade do trabalho de argumentistas, da realização, dos seus pares de contracena e das demais equipas criativas e bem assim de toda a estrutura de produção e de comunicação, Saragoça confirma que o lugar da ficção para televisão não padece necessariamente de nenhuma menoridade face às suas congéneres – cinema e teatro. Aliás, popular não significa neste caso feliz um endosso mas antes a apropriação afectiva do seu trabalho por parte do público, este muito mais atento e mais sábio do que possa constar ou possa dar jeito pensar.

 

Cremos serem razões certas para acertarmos os nossos relógios à hora de emissão de Valor da Vida, de segunda-feira a sábado, por tratar-se de um projecto de entretenimento assente em textos reabilitadores do trabalho de actor, epicentro do trabalho dum colectivo infindável de profissionais, feito com o mais alto recorte.

 

Parabéns Ana Saragoça por nos presenteares com esta deliciosa 'Piedade Bastos'. Não sendo o teu talento uma surpresa este, talvez por isso mesmo, é sempre surpreendente.  

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload