31.08.2019

11.01.2019

Please reload

Posts Recentes

Os rostos habitados - Pedro Sadio fotógrafa para a Buzico! Actores

18.10.2019

1/3
Please reload

Posts Em Destaque

A arte mais próxima de todos

17.01.2017

Anaísa Raquel coordena serviço de audiodescrição  em espetáculos e exposições com o objectivo de facilitar o acesso das pessoas com deficiências visuais às várias formas de expressão artística.

Dia 29 de janeiro, no Porto e em Lisboa, a arte vai ficar mais inclusiva. Anaísa Raquel e a equipa que coordena na AR Produções vão ser responsáveis por fazer a audiodescrição dos espetáculos (em cena no TECA, no Porto) e de A Noite da Iguana (em cena no São Luiz Teatro Municipal, em Lisboa). Dois espetáculos que ficarão, assim, acessíveis a um público que muitas vezes fica longe das salas de espetáculos pelas limitações que a sua condição impõem.


A audiodescrição que será feita vai permitir-lhes acompanhar tudo o que se passa em cima do palco uma vez que os técnicos da AR Produções serão responsáveis pela tradução das imagens em palavras.
Anaísa Raquel, que é também actriz e agenciada Buzico!, tem-se destacado ao longo dos anos pelo trabalho que tem desenvolvido na área da audiodescrição em dezenas de espetáculos de teatro, dança, música e em exposições ou galas. Por isso criou a AR Produções que tem sido pioneira na prestação do serviço que permite a pessoas com deficiências visuais ficarem mais próximas de toda a magia que a arte guarda.


"A audiodescrição trata-se de um recurso pouco conhecido", revela Anaísa Raquel, mas que aos poucos se torna uma preocupação dos vários agentes culturais que passam a integrar na sua programação sessões específicas com este serviço. Vários trabalhos da Yellowstar, para citar um exemplo, têm contado com este serviço. Além de facilitar a inclusão, a audiodescrição permite aumentar o público que assiste aos espectáculos. Um caminho a seguir.

 

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload