OS QUE

REGRESSAM

O REGRESSO A IBSEN

Recebida escandalosamente na época por trazer à cena uma mão-cheia de assuntos tabu – da hipocrisia moral da religião e do casamento ao incesto, da sífilis à eutanásia – Gengangere, de Henrik Ibsen, nesta encenação de Juvenal Garcês com o título de Os Que Regressam, havia de se tornar uma das peças mais reputadas de Ibsen, onde, mais uma vez, cabe à(s) personagem(ns) feminina(s) o papel principal (Helene Alving, claro; mas também Régine Engstrand, ao abandonar a casa). Num registo naturalista, quase folhetinesco, de que Ibsen é mestre incontestado, assistimos, como nas grandes tragédias gregas, a um ajuste de contas do passado, do qual a Sr.ª Alving parece ser a única a acreditar poder escapar. Escapará Régine? Ironia maior, porém, a doença que lhes mata o filho e meio-irmão, sabe-se hoje, é transmitida geneticamente pelas mães.

FICHA TÉCNICA

Autor: Henrik Ibsen

Encenador: Juvenal Garcês

Interpretação: André Nunes, Fernando Rodrigues, José Neto, Lia Gama e Marlene Barreto

Desenho de Luz: Vasco Letria

Cenografia / Espaço Cénico: Juvenal Garcês

Figurinos: Juvenal Garcês e Manuela Paulo

Fotografia Cartaz: Nuno Silva | artepertinance

Fotografia de Cena: Nuno Silva e Ulysses Almeida

Produtor: Duarte Nuno Vasconcellos

Produtor Executivo: Luís de Macedo

Director de Comunicação: Ruy Malheiro

Direcção Artística: João Ascenso e Ruy Malheiro

Produção: Buzico! Produções Artísticas

MARQUE

O SEU LUGAR!

VARIAÇÕES

DE ANTÓNIO

outros espectáculos!

You see

things;

"you say why!"

but i dream things that never were

and i say

"why not?"

bernard shaw