Joana Cotrim | Buzico! Actores.jpg
IMG_6202
IMG_6212

JOANA
COTRIM

ACTRIZ

Fez o mestrado em encenação pela Royal Institute of Theatre, Cinema and Sound em Bruxelas com bolsa da Fundação Calouste Gulbenkian de 2015 a 2017. Licenciada pela Escola Superior de Teatro e Cinema, ramo atores, em 2012. Bacharelato no ISPA na área de psicologia clínica.

De 2011 a 2015 trabalhou como atriz no teatro Nacional D. Maria II, integrando o elenco artístico fixo. Fundou em 2013, com Pedro Sousa Loureiro, OS PATO BRAVO, vencendo na Categoria de Teatro, os Prémios Novos 2016 com a peça “Monumentos”. Desenvolvem projetos teatrais e site-specific, entre eles, “Demóscar”, “Of of Medeia” e “Monumentos”, em co-criação e como criadora e autora “My Beauty Tv Project” e “Ticket to Heaven”, onde procurava a dissociação e anacronismo entre formas e conteúdos.

 

Recentemente funda “O Clube” e tem vindo a trabalhar em parceria com Rita Morais e Ana Sampaio e Maia,

No cinema trabalhou com Sérgio Graciano, Sérgio Henriques, Jacinto Lucas Pires, José Castro, Miguel Faria, Leonardo Mouramateus, Frederico Serpa e Paulo Prazeres. Desenvolvendo também criações a solo, em galerias, teatros e espaços informais, criações a partir de material autobiográfico, variando entre a ficção e a realidade, partindo da experiência adquirida na dança, pela Escola de Dança do Conservatório de Lisboa, e no teatro.

Tem participado em diversas produções televisivas para a Plural e para a SP Televisão. 

Enquanto atriz trabalhou com Pedro Alves no Teatro Mosca, João Mota, Tim Caroll,  Daniel Gorjão, Tiago Vieira, Liesbeth Gritter e em co-criação com Cátia Terrinca, Pedro Loureiro, Peter Vandenbempt, Rita Morais, Ana Sampaio e Maia e David Pereira Bastos.

ALTURA: 1,67 m

T-SHIRT: S

CAMISA: M

CASACO: M

VESTIDO: M

CALÇAS: S

SAPATOS: 38

ACTING AGE: 35 - 45 ANOS

SHOWREELS, CLIPES E QUE TAIS

BOOK ME!

JOANA
COTRIM

outros agenciados!

BUZICO Actores redux branco-30.png

You see

things;

"you say why!"

but i dream things that never were

and i say

"why not"

Bernard Shaw